Bolsa de Valores

As emoções e a importância do planejamento nas operações

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

O autor deste artigo é o Musta, editor do blog Dax Investimentos. Traz análises das principais ações da Bovespa e do mercado como um todo. Leitura recomendadíssima para o iniciante na bolsa

Os mercados financeiros são dominados por sentimentos e emoções: ora a euforia, ora o pânico predominam.

O trader experiente procura deixar as emoções de lado. Emoções servem para o contato com outros seres, não com o dinheiro. O trader que muito se alegra ao ver o mercado ir a seu favor – e entra em desespero quando o mercado vem contra – está sujeito a quebrar sua conta de investimentos.

Isto porque, todo o tempo empregado, a opinião do seu analista pessoal, vão por água abaixo, quando o investidor começa a contar dinheiro enquanto sua operação está em aberto.

De nada adianta ter um ótimo conhecimento em analise gráfica, em analise de balanços, conjuntura econômica, possuir os melhores softwares e serviços, se, no momento do jogo, o medo, a ganância, a esperança ou o desespero tomarem conta de sua mente na hora em que se deve, ou não agir.

Portanto, o planejamento antes de entrar no jogo é fundamental. Até o melhor operador do mercado, é suscetível a ficar emocionado durante o “calor” do pregão. As operações no mercado financeiro devem ser tratadas como uma cirurgia, ser detalhadas, pensadas e repensadas.

Imaginem um médico que, no meio de uma operação de transplante, por exemplo, se desesperar com alguma complicação cirúrgica; será que dará tempo de ligar para seu professor da universidade, consultar seus antigos livros?! Não, provavelmente o paciente morrerá ou sofrerá no mínimo sérias consequencias.

Talvez por isso vemos tantos médicos no mercado de ações e de opções; já estão acostumados com o risco diário e a planejar seu trabalho, sempre com um plano B, no caso de sua expectativa inicial não ser atingida.

Por isso a importância de pré-definir os pontos de entrada, saída, stop loss, stop gain e um plano B. Com isso, o operador só precisa colocar os parâmetros no sistema e ligar o “piloto automático” (stop loss e/ou stop gain) e acompanhar sua operação ao final do pregão diariamente ou semanalmente, se for o caso de estar operando como position.

Operando dessa forma, com disciplina e planejamento, as chances aumentam muito a seu favor, e o sucesso financeiro será uma consequência de seus estudos, disciplina e planejamento.

Dicionário Técnico:

  • Trader = negociador, operador que executa as operações no mercado.
  • Stop loss = “parar de perder”, ordem enviada á corretora para vender sua posição no mercado, mesmo que no prejuízo, julgando que a expectativa inicial não se cumpriu, limitando suas perdas.
  • Stop gain = ordem enviada á corretora, que protege parte dos lucros de uma operação, caso o mercado comece a vir contra a uma operação que está sendo lucrativa.
  • Position = tipo de operação de mercado que dura um tempo maior, de algumas semanas á meses.
Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Como mexer na bolsa de valores

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

Um vídeo com opiniões do Predador, investidor que pode ser visto no Bastter, um fórum com um método próprio de operar na bolsa de valores. O Predador tem fama de polêmico mas para mim pareceu bem coerente, sensato e bonachão.

O apelido nem parece casar com o personagem. Se eu fosse você, ouviria o que ele tem a dizer, caso você queira aprender como investir na bolsa de valores com consistência.

Algumas das opiniões que o Predador apresenta no vídeo abaixo:

Na Bolsa de Valores não há como prever o futuro

Contratos futuros

Ele não dá a menor importância a notícias. Não há como prever o futuro a partir de notícias ou declarações de autoridade. Quanto menos o investidor souber de notícias, mais poderá gerenciar seus negócios baseado em evidências e não em suposições.

Respeito ao mercado, porque ele é soberano: as pessoas estão achando que podem se tornar superior ao mercado e que vão dominar o mercado e o mercado sempre apronta uma surpresa. Mais cedo ou mais tarde a pessoa que tenta dominar o mercado acaba se dando mal.

O day-trade é o cemitério do malandro

Teoricamente, o day-trade pode ser feito com uma lógica e um sistema e muitos de seus praticantes acreditam que podem fazer dinheiro do dia para a noite. Porém, ele deixa o sujeito ansioso e viciado em adrenalida. Ainda que opere com método, em algum momento ele acaba fazendo uma besteira. A bolsa de valores é um negócio para ganhar dinheiro em anos e no day trade o cara quer ganhar dinheiro em dias. Mas só a cada 10 anos aparece um gênio que consegue ganhar dinheiro consistentemente no day trade.

Não acredite em nada na bolsa de valores

A bolsa de valores é onde você vai investir o seu dinheiro e, através da bolsa de valores, dos juros compostos e dividendos, você vai multiplicar o seu dinheiro. Mas é vendido para o amador e para o pequeno investidor que ele vai ganhar dinheiro na bolsa. Quem ganha dinheiro na bolsa é quem trabalha nela, quem trabalha numa corretora. Quem tira dinheiro da bolsa vai contra o princípio básico do juro composto. Além disso, o sistema que as pessoas usam para tirar dinheiro da bolsa de valores é “adivinhar o futuro”. Nas palavras do Predador: “A bolsa não foi feita para sustentar a classe média”. As pessoas acreditam em muita coisa na bolsa de valores e se metem em encrenca.

O especulador não tem passado

Mesmo o especulador vencedor já apanhou muito. Se ele ficar remoendo esse passado ele cria a derrota na mente dele. Ele deve aprender com a derrota, levantar e ir para frente.

Na bolsa de valores, o perigo do efeito manada

O perigo do efeito manada e o investidor como teleguiado: evite os negócios da moda. Em vez de fazer o seu método e estudar o investidor que é da manada segue os outros.

Veja o vídeo com as opiniões do Predador sobre a Bolsa de Valores

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Notícias sobre o Mercado Financeiro – Bovespa

Postado por Osney Cola em - Análise técnica da bolsa de valores

Sempre ouvimos dizer que quem está operando no mercado financeiro deve estar atento a todas as informações, sobre o mercado e as empresas que são sócios. Porém o que circula pela mídia acaba tendo o ponto de vista do jornalista ou até mesmo do veículo emissor.

Uma mesma informação pode ter diversos pontos de vista, me lembro em 2008 quando o mercado Norte Americano no auge da crise, aguardava uma atitude do governo em salvar instituições financeiras com um pacote de estímulo no valor de US$700bi, todos diziam que se houvesse realmente essa ajuda do governo o mercado reagiria e que só havia essa solução. Acompanhei a votação no senado ao vivo e assim que aprovado, as Bolsas no mundo todo despemcaram.

As mídias rapidamente tiveram a esperteza de dizer: “Meu Deus, o negócio deve estar feio mesmo, pra ter aprovado esse pacote, a coisa tá feia.”

Mas cadê a solução e as altas no mercado que todos aguardavam? Inclusive era divulgado por todo o mundo que isso seria a salvação do mercado.

Pois bem, a mídia dá a cara que lhe convêm para cada informação.

Acompanhe o vídeo:

Cadastre-se, e assista uma aula gratuita agora, não perca tempo! Clique aqui.

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Quando a Bolsa cai, todos os investidores perdem? Mercado em queda

Postado por Osney Cola em - Dicas da bolsa de valores

Mais um vídeo dedicado aos Inciantes na Bolsa de Valores.

Sempre quando descobrem que meu trabalho está relacionado a Bolsa de Valores, começo a ser bombardeado por algumas perguntas, dentre elas uma das que mais me fazem é essa: Quando a Bolsa cai, você perde dinheiro?

Destaco alguns pontos para que fique mais claro o entendimento:

  • A queda da Bolsa é notada pelo Índice Bovespa, isso não significa que todas as ações caíram.
  • Mesmo se a ação que você investiu tenha caído, o que vai caracterizar prejuízo ou não é o preço de compra, pois mesmo com as quedas, o seu preço  de compra pode ter sido inferior a cotação atual e você ainda pode estar com lucro.
  • Podemos também ganhar com o Mercado em Queda. Existem operações em que o investidor aposta contra a alta e irá ganhar com esse movimento.

Confira o vídeo:

Cadastre-se, e assista uma aula gratuita agora, não perca tempo! Clique aqui.

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

BM&FBOVESPA divulga horários de negociação que irão vigorar a partir do dia 22 de outubro de 2012

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores

A BM&FBOVESPA informa o horário de negociação dos segmentos Bovespa e BM&F que irão vigorar a partir de 22 de outubro, devido ao início do horário brasileiro de verão, em 21 de outubro. A seguir os principais destaques em relação aos horários de negociação para os segmentos Bovespa (ações) e BM&F (derivativos):

  • Não haverá alteração do pregão regular no mercado Bovespa, ou seja, permanece em sessão contínua das 10h às 17h;
  • Será estendido o call de fechamento para todo o mercado de balcão organizado e para todos os Fundos de Investimento Imobiliário de Bolsa (FII);
  • Será criado o call de fechamento para opções de IBOVESPA a partir das 16h50, com encerramento estendido em dois minutos a partir do encerramento do último call de ação;
  • A negociação de contratos de Índice Bovespa Futuro, que começa às 9h, será estendida até as 17h55; O call de fechamento será das 17h55 até as 18h; e
  • A partir de 5 de novembro, deixa de existir o pregão After Hours para o contrato futuro de soja com liquidação financeira
Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Bolsa de Valores: que ações escolher para investir?

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores

Que ações escolher para investir na bolsa de valores?

  • Primeiro, escolha ações do Índice Bovespa (Ibovespa): o índice bovespa é uma carteira teórica de ações que demonstra a variação média de nosso mercado. Operando ações do Índice Bovespa, teoricamente você estará operando ações das principais empresas de nosso país.
  • Só que no índice Bovespa há entre 60 e 70 papéis. É muita coisa para acompanhar. Você precisa escolher cerca de 10 papéis para acompanhar. No início, conte com ajuda de especialistas. Por exemplo, o Osney José, da Equipe Trader, faz acompanhamento constante de cerca de 20 papéis ao vivo em seus encontros diários.
  • Varie setores: escolha papéis de diferentes setores, como varejo, construtoras, bancos, energia, mineração, petróleo, alimentos
  • Se você preferir operar uma ação que não componha o Índice Bovespa, não se arrisque em papéis que não tenham pelo menos mil negócios diariamente. Volume de negócios garante que você tenha liquidez imediata, para vender e comprar, e não ficar com um mico na mão.

Veja o vídeo:

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Mais artigos

Page 20 of 83« First...10...1819202122...304050...Last »