Bolsa de Valores

A bolsa de valores no Brasil

Postado por Alessandro Martins em - Vídeos sobre bolsa de valores

A mídia exerce grande influência nas decisões na vida das pessoas. Será que exerce a mesma influência sobre a bolsa de valores no Brasil?

No vídeo acima, Osney Cola fala sobre o pessimismo advindo dessa influência e o poder das informações que temos dos noticiários.

À parde disso, ele mostra como a bolsa de valores no Brasil reagiu a diferentes notícias.

Para entender o cenário, ele usa os movimentos da bolsa de valores no Brasil em 2008 e 2009.

São 3 fases:

  1. Tudo vai bem. As melhores notícias possíveis. Em maio de 2008, o Brasil havia recebido duas avaliações positivas em seu crédito por agências avaliadoras. Apesar disso, o mercado começa a cair. Nesse mês, também sai em uma revista de grande circulação no Brasil uma matéria incentivando os pequenos investidores a entrar na bolsa. Outra revista registra os US$ 20 bilhões de Eike Batista na bolsa de valores no Brasil. Notícias que, então geravam otimismo.
  2. Bolsas caindo. Mas as notícias fazendo com que todos acreditassem que se tratava apenas de uma quedinha. Enquanto isso, em seis meses, o mercado chegou a uma queda vertiginosa.
  3. Notícias de pânico em outubro. Veja e IstoÉ falavam de crise, estrago, tragédia econômica. Vinte dias depois dessas notícias alarmantes, dito e feito, final da crise.

Perceberam o atraso das informações?

Resumindo, para entender melhor a bolsa de valores no Brasil, talvez o melhor não seja seguir as notícias.

Olhe os gráficos. Aprenda análise técnica.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.