Bolsa de Valores

Teoria de Dow – Os 6 segredos da bolsa de valores

Postado por Alessandro Martins em - Vídeos sobre bolsa de valores

Neste vídeo de uma hora e meia, você vai aprender tudo sobre a Teoria de Dow. Claro que é um vídeo básico, que não aborda tanto quanto é profunda e aplicada essa teoria, mas é fundamental para quem quer começar a entender um pouco melhor a bolsa de valores.

O que é Teoria de Dow e como podemos utilizar esse método para operar na Bolsa de Valores? De diversas formas! Ela é o pilar da Análise Técnica moderna: o estudo da bolsa de valores através dos sinais que a própria bolsa de valores emite. E o que é bacana nessa história: o mercado é isento, não é a interpretação de um economista ou de um jornalista a respeito dos fatos que acontecem e podem influenciar o mercado. É uma espécie de psicologia das massas misturada com princípios estatísticos. Tudo isso a Teoria de Dow nos dá.

A Teoria de Dow foi criada há mais de 100 anos e ainda compõe grande parte da análise técnica utilizada nos dias de hoje.

O seu autor, Charles Dow, então colunista do Wall Street Journal e um dos criadores do índice Dow Jones, criou uma metodologia que “prevê” como será o comportamento dos preços.

Entenda como podemos aplicar tal teoria para ganhar dinheiro na Bolsa de Valores.

Leia mais sobre a Teoria de Dow no nosso blog:

Para resumir, a Teoria de Dow é composta de seis princípios:

  1. Os índices descontam tudo: quando os preços estão formados as notícias já são velhas
  2. Os mercados se movem em tendências: de alta e de baixa
  3. Princípio de confirmação: os índices devem coincidir com as tendências
  4. Volume convergente: aumento de volume em mudança de tendência confirma a nova tendência
  5. Utiliza as cotações de fechamento para o cálculo das médias: máximas e mínimas não são tão importantes quanto o fechamento
  6. A tendência é vigente até que seja substituída por outra oposta.

Claro, tudo é muito mais complexo que as simples palavras acima explica e cada um desses princípios tem desdobramentos e consequências. Aprenda no vídeo acima.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.