Bolsa de Valores

Que dinheiro investir na bolsa de valores: como evitar comprometimento emocional

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

Posso usar o dinheiro que economizei para comprar minha casa para investir na bolsa e completar o que falta, certo?

Errado.

O melhor é investir um montante que não esteja comprometido de nenhuma forma.

O dinheiro para comprar a casa, para a faculdade dos filhos ou para quitar alguma dívida não deve ser investido na bolsa de valores.

O mercado de ações é extremamente emocional e funciona de maneira emocional. Quanto mais racional você puder ser, maior vantagem você terá. E, se você está ligado emocionalmente de alguma forma ao dinheiro investido, isso é mais difícil.

Imagine a situação hipotética:

Em 2001, você tinha R$ 30 mil investidos em ações. Em setembro daquele ano aconteceu uma tragédia com impacto global e as bolsas do mundo se desestabilizaram. Muito possivelmente você viu seus R$ 30 mil se transformarem em R$ 10 mil.

Se esse dinheiro era para ser usado no financiamento de sua casa, você pode ter se assustado e vendido todas as suas ações antes que as coisas piorassem. Mas, se não, você conseguiu ser racional e esperou.

Meses depois as bolsas se recuperaram e, mais, atingiram patamares muito mais altos. Quem manteve a calma saiu ganhando. Agora seus R$ 10 mil talvez fossem R$ 90 mil.

Então, antes de colocar o dinheiro na bolsa de valores, faça a pergunta: eu preciso muito desse dinheiro?

Precisar de dinheiro todo o mundo precisa. Mas o quanto, não é mesmo?

Conheça o básico sobre a bolsa de valores

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Como começar a investir na bolsa de valores e em ações

Postado por Alessandro Martins em - Tudo sobre Bolsa de Valores

A área de iniciantes de Bovespa traz diversas informações sobre isso, mas há 3 principais formas de se começar a investir.

  1. Individualmente – Esse é o meu caso. Separei uma certa quantidade de dinheiro, procurei uma corretora, contratei os serviços e me cadastrei. Você pode começar a escolher sua corretora na lista de corretoras do site da Bovespa. Orientado pelo meu corretor, escolhi as ações que adquiri e transmiti a ordem de compra.
  2. Clubes de Investimento – Os clubes de investimento são formados por pessoas físicas, em grupo, que procuram os serviços de uma corretora. Uma dessas pessoas se torna a representante e se é, então, responsável por transmitir as ordens de compra e venda decidida pelo conjunto.
  3. Fundos de Investimento – O investidor de um fundo de investimento compra cotas de um fundo de ações, administrado por uma Corretora de Valores, um Banco ou um Gestor de Recursos independente, autorizado pela CVM.
Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Por que ler o blog Um Investidor Iniciante na Bolsa de Valores

Postado por Alessandro Martins em - Uncategorized

Acompanhe este blog se:

  • Você quer investir na bolsa de valores, mas não sabe como começar.
  • Quer ter um informativo muito básico para o aprendizado gradual da análise do mercado de ações.
  • Pretende atuar na bolsa de valores mesmo que com pouco dinheiro no início.
  • Gostaria de acompanhar o progresso do aprendizado de um iniciante como você para comparar com o seu.
  • Quer ter maior independência financeira.

Mas lembre-se, se por ventura for mencionado algum investimento for mencionado, caso decida segui-lo você o fará por próprios conta e risco.

Este blog não tem por objetivo indicar qual o melhor investimento ou se responsabilizar pela tomada de decisões do leitor.

A idéia é dar ferramentas para que ele por conta própria descubra isso.

Não pretendo dar o peixe nem ensinar a pescar. A idéia é sim que você assimile novos conhecimentos enquanto me obseva a aprender a tirar os bichos da água.

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Por que criei o blog Um Investidor Iniciante na Bolsa de Valores

Postado por Alessandro Martins em - Uncategorized

A idéia de um blog sobre meus primeiros passos na bolsa de valores surgiu por diversas razões.

  1. Fixar meus novos conhecimentos. Ao escrever, pretendo sedimentar o que aprendo.
  2. Compartilhar esses conhecimentos, incentivando o leitor a dar também os primeiros passos no mercado de ações.
  3. As dúvidas dos leitores vão me fazer ter novas idéias e questionamentos sobre o assunto.
  4. Possibilidade de gerar arrecadação através deste site, com anunciantes e parceiros, para ter fontes de investimento, criando assim um círculo virtuoso.

Bem. Estou aprendendo e gostaria que você acompanhasse essa evolução.

Desnecessário dizer que o mercado de ações tem seus riscos e quem quer que seja que nele entre deve estar consciente disso.

Portanto, não posso responsabilizar-me por suas atitudes. Qualquer coisa aqui relatada diz respeito apenas às minhas experiências e, se decidir segui-las, deve fazê-lo de livre e espontânea vontade, consciente e sem a minha influência.

Em última instância, a decisão é sua.

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Mais artigos

Page 83 of 83« First...102030...7980818283