Bolsa de Valores

As 5 mentiras que me impediam de investir na bolsa de valores

Postado por Alessandro Martins em - Insights sobre a bolsa de valores
  1. Não tenho dinheiro suficiente: esperar juntar uma certa quantidade de dinheiro antes de começar vai atrasá-lo. Você pode começar a investir com qualquer valor.
  2. A bolsa de valores é muito complicada: ainda que você não queira ser um especialista no assunto, as corretoras têm interesse em orientá-lo no investimento que melhor se adequa a seu perfil.
  3. A bolsa de valores é um jogo de azar: se você não sabe o que está fazendo, até atravessar a rua é arriscado. A bolsa têm seus riscos, mas se você souber onde está se metendo e tiver uma certa prudência, as chances de ter lucros maiores do que na renda fixa são bem grandes.
  4. O preço das ações é imprevisível: isso não é verdade. Embora não haja um sistema com cem por cento de certeza sobre o movimento dos preços das ações, existem métodos que podem prever as altas e as baixas dos papéis com precisão suficiente para tornar seu investimento mais seguro.
  5. É difícil começar a investir na bolsa: começar qualquer coisa é difícil. É a lei da inércia. Mas começar a investir na bolsa, em si, é fácil. Mais fácil até do que abrir uma conta corrente comum em um banco.

Conheça o básico sobre a bolsa de valores

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

O que são ações “blue chips”

Postado por Alessandro Martins em - Uncategorized

As ações blue chips, ou de primeira linha, são aquelas de empresas de grande porte, de alcance nacional e internacional e de comprovada lucratividade, principalmente a longo prazo. Um bom exemplo desse tipo de ações são as queridinhas dos iniciantes, VALE5 e PETR4.

Por característica, as blue chips têm grande liquidez – com muitos negócios feitos diariamente – e bastante procura pelos investidores. A lista de empresas com ações blue chips não é oficial e muda de período para período. Mas há aquelas que são sempre listadas entra ano e sai ano.

As ações ainda podem ser divididas em

  • de segunda linha – são ações um pouco menos líquidas, de empresas de boa qualidade, em geral de grande e médio portes;
  • de terceira linha – são ações com pouca liquidez, em geral de companhias de médio e pequeno portes (porém, não necessariamente de menor qualidade), cuja negociação caracteriza-se pela descontinuidade, isto é, pode acontecer de haver períodos em que essas ações não são negociadas.

Com as ações de segunda e terceira linha, as possibilidades de ganho rápido aumenta, mas os riscos de perda também.

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

FolhaInvest

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

O FolhaInvest – http://folhainvest.folha.com.br/ – é um simulador da bolsa de valores. Você quer investir na bolsa de valores, já aprendeu alguma coisa mas ainda não está muito seguro? Há uma maneira de ir se acostumando com o jargão dos investidores e com as operações do mercado de ações com total segurança e ainda avaliar seu desempenho. O site FolhaInvest é uma boa maneira de se habituar às ordens de compra e venda, às altas e baixas da bolsa de valores. Você se inscreve e, de cara, já tem uma carteira de ações compradas e mais R$ 100 mil em dinheiro para comprar as ações que preferir. Claro que é tudo simulado. Não se preocupe. Eu sugiro que você venda os papéis que julgar menos rentáveis e fique apenas com dois ou três, quatro no máximo, para que possa acompanhar com facilidade a qualidade de suas estratégias.

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

O que são dividendos

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

Dividendos. Você deve lembrar deles do tempo em que jogava Banco Imobiliário. Depois de jogar os dados, você caía na casa da “sorte ou revés”. Com ansiedade, ía até o montinho de cartas e – surpresa! – desta vez você não foi pra cadeia. A empresa de que você é acionista foi bem durante o ano e distribuiu dividendos: você ganhou tantos dinheiros.

Os dividendos são nada mais nada menos que a parcela de lucro líquido distribuída aos acionistas. A companhia deve distribuir, no mínimo, 25% de seu lucro líquido ajustado.

Lucrou? Ela tem que distribuir. Se você estiver com papéis de uma empresa quando essa fizer a distibuição de dividendos receberá proporcionalmente à quantidade de ações que possui.

Se ela levou prejuízo, não se preocupe, você não vai precisar ajudar a pagar a conta. Mas muito provavelmente você pode já ter feito isso, já que o preço de suas ações devem ter caído.

Aprenda o que são dividendos na bolsa de valores

Aprenda a investir na bolsa de valores:

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Qual a diferença entre ações ordinárias e preferenciais

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

Vamos acabar de uma vez com essa velha dúvida. Eu mesmo quando comprei meus primeiros papéis VALE5 e PETR4 não sabia exatamente o que eles eram.

Bem simples:

  • ações ordinárias concedem o poder de voto nas assembléias da companhia. são sempre nominativas. Nelas, o nome da empresa é seguido da notação ON.
  • ações preferenciais oferecem preferência na distribuição de resultados ou no reembolso do capital em caso de liquidação da companhia. O nome da empresa é seguido na notação PN.

Minhas ações da Vale são Vale do Rio Doce PNA N1. As da Petrobras são Petrobras PN. Portanto, ambas são preferenciais.

Infelizmente isso também significa que não tenho direito a comparecer às reuniões para dar os meus pitacos nem terei a chave do banheiro dos executivos.

Como você pôde ver no exemplo da Vale, as ações também podem ser diferenciadas por classes: A, B, C ou alguma outra letra que apareça após o ON ou o PN.

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Como surgiu a vontade de investir na bolsa

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

Baseado no dele, no meu e em outros exemplos, o meu amigo Marco Carvalho, em conversa recente, observou que, do surgimento de um relacionamento estável costuma surgir também a vontade da estabilidade financeira.

Isso é verdade. Ainda que em parte, pois eu imagino que diversos investidores devam ser solteiros e diversos casais sejam gastadores compulsivos e imprevidentes.

Mas o fato é que desde o instante em que passei a viver sob o mesmo teto com a minha namorada – e isso já faz mais de um ano – decidimos começar a poupar. Em princípio, pensamos em guardar R$ 100 por mês – R$ 50 de cada um – e colocar em uma caderneta de poupança. Um bom começo.

Ao saber disso, nosso amigo ficou apavorado – está bem, apavorado é exagero literário de minha parte – e mostrou por que a caderneta de poupança não é uma opção inteligente.

E começou a nos catequizar sobre investimentos mais rentáveis. Foi quando finalmente descobrimos que investir na bolsa de valores não era um bicho-de-sete-cabeças e agora estamos ambos atuando no mercado, ainda que timidamente até agora.

Encontrar alguém com queira viver pode ser bonito não só do ponto de vista emocional – e só isso já valeria a pena -, mas também pode ajudar você a começar a construir seu patrimônio.

Gostou? Comente, compartilhe e participe!

Mais artigos

Page 81 of 83« First...102030...7980818283