Bolsa de Valores

O que significa os pontos da Bolsa de Valores

Postado por Alessandro Martins em - Insights sobre a bolsa de valores

Um dos primeiros mistérios a serem entendidos pelos iniciantes é o que significa os pontos da Bolsa de Valores.

Em primeiro lugar, os pontos se reverem ao Índice da Bolsa de Valores de São Paulo, ainda conhecido por Ibovespa, muito embora a Bovespa seja mais conhecida hoje por BM&FBovespa, depois da fusão com a Bolsa de Mercadorias e Futuros (antiga BM&F).

Mas o que é o Ibovespa?

Segundo nosso post sobre o tema:

O Ibovespa (…) é formado a partir de uma aplicação imaginária, em Reais, em uma quantidade teórica de ações (carteira). Sua finalidade básica é servir como indicador médio do comportamento do mercado. Para tanto, as ações que fazem parte do índice representam mais de 80% do número de negócios  e do volume financeiro negociados no mercado à vista. Como as ações que fazem parte dessa carteira têm grande representatividade, podemos dizer que se a maioria delas estiver subindo, o mercado, medido pelo Índice Bovespa, está em alta, e se estiver caindo, está em baixa.

Assim, podemos dizer que os pontos da bolsa de valores são o valor em Reais dessa carteira teórica. Como se alguém tivesse escolhido essas e aquelas ações para investir. Claro que isso é uma maneira bem simplista de ver a coisa. Na verdade é mais complexo, mas já dá para entender melhor.

o que significa os pontos da bolsa de valores

O que significa os pontos da bolsa de valores e como eles são formados

Há uma metodologia bem séria e objetiva para formação dessa carteira teórica. Algumas ações tem mais peso e outras menos, mais ou menos proporcionalmente com o volume de negócios que elas representam na BM&FBovespa. O importante é que, como um todo, o Ibovespa (os pontos da bolsa de valores) representem pelo menos 80% dos negócios realizados ao longo do tempo.

Dessa maneira, com apenas as ações mais importantes, dá para ter uma visão da temperatura do mercado, se está em queda, se está em alta ou estagnado. Claro que, ainda que o Ibovespa esteja em queda, eventualmente algumas ações, mesmo participantes da formação do índice podem estar em movimento contrário. Cabe ao investidor encontrar e identificar esses movimentos para fazer bons negócios.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.