Bolsa de Valores

Nova Bolsa de Valores

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

Quando a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) se uniu à Bolsa de Mercadorias & Futuros em 2008 foi criada a BM&FBovespa (apesar da ordem das letras, lê-se: Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros) ou, como foi chamada, então, Nova Bolsa.

O termo Nova Bolsa ainda está sob o logo no site da BM&F Bovespa, mas vejo poucas pessoas e jornais usando-o para a nova bolsa de valores que, na ocasião, surgiu. Que, por sinal, tornou-se uma das maiores bolsas de valores do mundo em valor de mercado na época.

Ações da Nova Bolsa de Valores

Nessa época, a BM&FBovespa passou a ter ações negociadas na Nova Bolsa de valores sob o código BVMF3. Essa ação é uma das que compõem o Ibovespa, no qual só entram as ações mais líquidas (aquelas com maior volume de negociação do mercado).

Finalmente, uma das mais recentes e impactantes mudanças da Bolsa de Valores foi o encerramento do pregão viva-voz (aquela gritaria). Todas as negociações passaram a ser feitas em meio eletrônico a partir de 2009.

Um bom lugar para aprender sobre os novos rumos da nova bolsa de valores é assistir ao TV BM&FBovespa.

Uma curiosidade: no Twitter em inglês da BM&FBovespa, lançado em 2011, em vez de Nova Bolsa, lemos The New Exchange no logo.

Nova bolsa de valores

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.