Bolsa de Valores

Na bolsa de valores não existem ações baratas

Postado por Alessandro Martins em - Vídeos sobre bolsa de valores

No mercado de ações, quando falamos de preço de compra e venda, utilizamos o termo “a mercado”. Por exemplo: eu quero comprar “a mercado” ou eu quero vender “a mercado”; o que isso significa?

Acontecem milhares de negócios todos os dias. O preço de mercado é exatamente o valor de que o último negócio foi realizado. É a cotação do ativo naquele momento. A cotação que você vê na tevê ou no home broker é dada pelo valor do último negócio. Portanto, se você quiser vender agora suas ações você terá que vender pelo valor de mercado.

E vender pelo valor de mercado é muito fácil. Veja que seu ativo não perde valor para que você possa vender. Claro que isso pelo valor de mercado.

Começamos a falar de liquidez para tirar de sua cabeça que bolsa é investimento de longo prazo. Veja que é muito fácil e barato me desfazer de um investimento em ações. Muito mais fácil que um investimento em imóveis e mais barato também. Porém, quando falo em liquidez, é necessário dizer que por essa grande facilidade de vender e comprar o preço de mercado de qualquer ativo não é barato nem caro: é o preço justo.

Não existe essa história de que determinado ativo está barato. É o preço de mercado: todo mundo pode comprar e vender aquela ação naquele preço.

Esse conceito é MUITO importante para que você não faça burradas no futuro: não existe pechincha na bolsa de valores.

Nós fomos educados dessa forma e temos o costume de pechinchar. Isso não é errado. Mas no mercado de ações isso não existe e esse costume pode atrapalhar. Se você começar a investir e procurar por pechinchas é provável que você se dê mal.

No vídeo acima, o Osney Cola explica o porquê disso de uma maneira que vai ajudar você a fixar esse conceito.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.