Bolsa de Valores

IPO ou IPOs

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

O que é IPO ou IPOs?

IPO é Initial Public Offering. Traduzindo: Oferta Pública Inicial.

Quando uma empresa abre capital, ela cria ações que serão vendidas na Bolsa de Valores.

Porém, por regra, a compra e a venda de ações é feita de investidor para investidor, por intermédio da bolsa de valores, pelo meio de campo proporcionado pelas corretoras de valores e em um ambiente supervisionado pela Comissão de Valores Mobiliários.

Por regra, uma empresa não pode vender ações diretamente. Mas, depois de criadas as ações, para que ela possa abrir o seu capital e captar dinheiro através da venda dessas ações, como então colocar esses papéis no jogo da Bolsa de Valores?

Isso só é possível através de uma IPO. Ela acontece em um determinado pregão e, nesse dia, as ações das empresas são colocadas em jogo.

As IPOs costumam causar bastante expectativa, euforia e até polêmica, como foi o caso da abertura de capital da Bovespa. São anunciadas semanas ou meses antes e os investidores ficam ansiosos por comprar as ações.

Ipo ou Ipos

Flippers nas IPOs

Como o número de ações é limitado por CPF, já ouvi falar de pessoas que inscrevem seus familiares para terem acesso a bocados maiores da IPO. Outro caso curioso são os flippers, que talvez se chamem assim por fazerem o movimento do golfinho: compram as ações e tão logo elas valorizem, vendem-nas no mesmo dia por um preço maior.

Isso se o valor mínimo – sim, antes da IPO um valor mínimo da ação é determinado – for vantajoso. Se o valor mínimo for maior do que o mercado tem expectativa, arrisca até mesmo que a ação caia ou não valorize o suficiente, para decepção dos investidores.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.