Bolsa de Valores

4 coisas que não podem faltar em sua corretora de valores

Postado por Diego Wawrzeniak em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

1. Atendimento de Qualidade e Acessível

É muito comum investidores só descobrirem que o atendimento de sua Corretora de Valores é ruim na pior hora: quando precisam dele.

Um atendimento de qualidade faz uma enorme diferença na hora em que você tem que resolver um problema ou tirar dúvidas. Muitas corretoras oferecem um excelente serviço, com canais de atendimento online, por telefone e até mesmo presencialmente.

No entanto, existem corretoras que não priorizam tanto este importante fator e acabam causando um grande descontentamento em seus clientes.

Além de ter certeza de que a Corretora de Valores oferece canais de atendimento, é importante avaliar se eles são acessíveis. Um atendimento online sem ninguém para responder as suas dúvidas vale o mesmo que nada…

2. Boas Recomendações de Investimento

Por mais que o investidor se esforce para acompanhar o mercado e saber quais são as boas ações para comprar ou vender, contar com a opinião de um especialista é sempre uma segurança adicional.

Existem muitas corretoras que dão recomendações de compra e venda, porém o número das que fazem boas recomendações é bem menor e muitas vezes podem não ser papeis adequados ao seu perfil de investidor.

Converse com um analista de sua corretora, informe-se como são feitas as recomendações e pergunte por recomendações passadas para verificar se realmente foram corretas e se não foram, pergunte o porque.

Uma boa recomendação pode ser muito lucrativa, porém uma recomendação ruim também pode custar muito caro.

3. Estrutura com Tecnologia de Ponta

Antigamente todas as operações dependiam do telefone e de pessoas gritando no pregão para concretizar as negociações.

Hoje em dia, tudo isso foi substituído por sistemas que conseguem processar um volume de informação infinitamente superior e com muito mais confiabilidade. Ou pelo menos é assim que deveria ser…

Grande parte do processo de execução e liquidação de uma ordem de compra e venda depende do sistema próprio da corretora, portanto se a corretora não investe em tecnologia para isso é comum que enfrente problemas.

Nenhum sistema é imune a falhas e alguma hora até os mais sofisticados sistemas apresentam problemas. No entanto é comum determinar uma porcentagem de tempo em que o sistema deve operar corretamente (o chamado tempo de “SLA”), não é raro encontrar SLAs superiores a 99%.

4. Ferramentas de Controle

As ferramentas oferecidas pelas corretoras de valores variam bastante. Porém o que não pode faltar é uma ferramenta que permita você acompanhar os saldos de sua carteira, o valor investido em cada ação, o valor em Tesouro Direto e a rentabilidade obtida em cada um.

Sem essas informações fica complicado para investidor ter controle sobre seu patrimônio e se seus investimentos estão dando retorno.

Outras coisas importantes

Apesar de todos os pontos considerados aqui serem muito importantes, ainda existem coisas que não devem ser deixadas de fora. Se você está procurando uma corretora, não deixe de olhar o Guia de Corretoras de Valores do portal Bússola do Investidor.

A ferramenta permite que você compare lado a lado o que cada corretora oferece, taxas e a avaliação dos investidores que usam estas corretoras.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.