Bolsa de Valores

O Princípio da Confirmação da Teoria de Dow

Postado por Alessandro Martins em - Análise técnica da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

Um dos princípios mais ignorados da Teoria de Dow, principalmente pelos iniciantes, é o Princípio da Confirmação.

O princípio é o seguinte:

A tendência deve ser confirmada pelo menos por dois índices de composições distintas.

Quando a Teoria de Dow foi codificada havia dois índices importantes.

A saber:

  • O índice das Ferrovias: 20 ações das empresas desse setor
  • O índice Industrial: com ativos de 30 indústrias

Logo, um investidor experiente e esperto daquela época não ficaria tão eufórico com o índice industrial – que tivessa acabado de romper uma importante resistência -, se algo semelhante não tivesse acontecido no índice ferroviário.

Sabe aquele lance do Salsicha de do Scoobidoo? “Se você não tiver medo eu também não tenho”. Pois é. É parecido. Se os dois índices que você comparar não tiverem ido juntos, desconfie.

Imagine uma situação em que o Ibovespa vem em uma congestão oscilando em uma faixa de 70 mil e 75 mil pontos há algumas semanas. Finalmente, uma quarta-feira qualquer ele extrapola os 75 mil pontos que vinham servindo de resistência.

Isso pode indicar a retomada da tendência de alta, certo?

Certo. Certíssimo.

Mas vamos dar uma olhada em outro índice similar, mas de composição um pouco diferente, como por exemplo o IBrX – Índice Brasil. E ele, apesar de vir apresentando também uma congestão nas últimas semanas, não rompe a sua resistência. É uma situação em que vale a pena desconfiar. O rompimento do outro índice pode ter sido um alarme falso.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.