Bolsa de Valores

Como diversificar entre renda fixa e renda variável

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

A dica é simples e vem do blog Investidor Iniciante, embora eu já tenha falado dela por aqui:

  • Subtraia a sua idade do número 100. O valor resultante é a porcentagem do seu capital disponível que você pode investir em renda variável (bolsa de valores, por exemplo).

Assim, se você tem 40 anos, investiria 40% de seu capital disponível em renda fixa e 60% em renda variável.

A lógica por trás disso está no fato de que, quando somos jovens, podemos nos expor mais aos riscos da renda variável e, enquanto vamos envelhecendo, precisamos buscar uma relativa segurança na renda fixa.

Você deve ter notado que eu grifei a palavra pode.

Acontece que essa é uma regra um tanto geral. Tudo também depende do quanto você se sente seguro em investir em renda variável quando jovem e quando mais velho e também do seu perfil de investidor.

Cada caso é um caso, afinal de contas.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.