Bolsa de Valores

As emoções e a importância do planejamento nas operações

Postado por Alessandro Martins em - Dicas da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

O autor deste artigo é o Musta, editor do blog Dax Investimentos. Traz análises das principais ações da Bovespa e do mercado como um todo. Leitura recomendadíssima para o iniciante na bolsa

Os mercados financeiros são dominados por sentimentos e emoções: ora a euforia, ora o pânico predominam.

O trader experiente procura deixar as emoções de lado. Emoções servem para o contato com outros seres, não com o dinheiro. O trader que muito se alegra ao ver o mercado ir a seu favor – e entra em desespero quando o mercado vem contra – está sujeito a quebrar sua conta de investimentos.

Isto porque, todo o tempo empregado, a opinião do seu analista pessoal, vão por água abaixo, quando o investidor começa a contar dinheiro enquanto sua operação está em aberto.

De nada adianta ter um ótimo conhecimento em analise gráfica, em analise de balanços, conjuntura econômica, possuir os melhores softwares e serviços, se, no momento do jogo, o medo, a ganância, a esperança ou o desespero tomarem conta de sua mente na hora em que se deve, ou não agir.

Portanto, o planejamento antes de entrar no jogo é fundamental. Até o melhor operador do mercado, é suscetível a ficar emocionado durante o “calor” do pregão. As operações no mercado financeiro devem ser tratadas como uma cirurgia, ser detalhadas, pensadas e repensadas.

Imaginem um médico que, no meio de uma operação de transplante, por exemplo, se desesperar com alguma complicação cirúrgica; será que dará tempo de ligar para seu professor da universidade, consultar seus antigos livros?! Não, provavelmente o paciente morrerá ou sofrerá no mínimo sérias consequencias.

Talvez por isso vemos tantos médicos no mercado de ações e de opções; já estão acostumados com o risco diário e a planejar seu trabalho, sempre com um plano B, no caso de sua expectativa inicial não ser atingida.

Por isso a importância de pré-definir os pontos de entrada, saída, stop loss, stop gain e um plano B. Com isso, o operador só precisa colocar os parâmetros no sistema e ligar o “piloto automático” (stop loss e/ou stop gain) e acompanhar sua operação ao final do pregão diariamente ou semanalmente, se for o caso de estar operando como position.

Operando dessa forma, com disciplina e planejamento, as chances aumentam muito a seu favor, e o sucesso financeiro será uma consequência de seus estudos, disciplina e planejamento.

Dicionário Técnico:

  • Trader = negociador, operador que executa as operações no mercado.
  • Stop loss = “parar de perder”, ordem enviada á corretora para vender sua posição no mercado, mesmo que no prejuízo, julgando que a expectativa inicial não se cumpriu, limitando suas perdas.
  • Stop gain = ordem enviada á corretora, que protege parte dos lucros de uma operação, caso o mercado comece a vir contra a uma operação que está sendo lucrativa.
  • Position = tipo de operação de mercado que dura um tempo maior, de algumas semanas á meses.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.