Bolsa de Valores

A Teoria de Dow, a base da Análise Técnica

Postado por Alessandro Martins em - Análise técnica da bolsa de valores Tudo sobre Bolsa de Valores

Antes de irmos à frente na Análise Técnica, é preciso conhecer a Teoria de Dow.

Quando eu era criança eu achava que Dow era tão simplesmente a metade do nome de um índice que eu, de vez em quando, ouvia no Jornal Hoje, na hora em que eles falavam da bolsa: “… o índice dow-jones subiu tanto porcento…”, o “índice dow-jones desceu tanto porcento…”

Quero pedir desculpa à senhora Dow pois nem imaginava que seu marido fosse uma pessoa, quanto mais do inventor de uma teoria tão importante composta de alguns princípios fundamentais:

  1. Os índices descontam tudo, menos atos de Deus
  2. O mercado tem três tendências
  3. A tendência é válida até ser revertida
  4. A tendência tem que ser confirmada por dois índices
  5. Volume deve confirmar tendência
  6. A tendência continua até surgir um sinal definitivo de que houve reversão.

O Marco Carvalho, do Como Comprar Meias, fala sobre as quatro primeiras em artigo recente e o site da Nelogica explica brevemente cada um dos princípios fundamentais da Teoria de Dow caso você continue curioso sobre isso.

Se você é do tipo que não se contenta com resumos pode pesquisar nos livros The Dow Theory de Robert Rhea, Technical Analysis of Stock Trends de Robert D. Edwards e John Magee e Techical Analysis Explained de Martin Pring.

Artigos Relacionados

Gostou? Comente, compartilhe e participe.